Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SIX, blog

Going organic!

29.02.16 | Joana Carreira

it's a big step in beauty!

Que a H&M anda a dar cartas no mundo da beauté, já nós sabemos. Depois do seu mega re-branding da sua linha de beleza no ano passado, a H&M prepara-se agora para lançar mais de 30 novos produtos totalmente orgânicos e eco-friendly para a pele, cabelo e corpo. Todos eles produzidos de forma sustentável e à base de produtos naturais - todos livres de alumínio, parabenos, silicones, perfumes sintéticos ou outras substâncias químicas modificadas. 

Com a tecnologia super avançada de hoje em dia e com a quantidade de pesquisas que foram feitas neste campo, não há como não começarmos a ter algum cuidado com o tipo de produtos que escolhemos, e no que toca a cuidados da pele, do rosto entre outros cuidados de beleza, acaba por ser imperativo. Todos eles são produtos à base de óleos essenciais, desde os produtos em si como as embalagens que são feitas através de plástico reciclado. 

Alguns deles já estão à venda na loja do Chiado, que foi onde acabei por parar para experimentar alguns deles e claro, não resisti e trouxe 3 produtos para casa. Um óleo para o corpo, cabelo e para usarmos no banho com um cheiro delicioso a limão (9.99€), um creme de mãos também de limão (6.99€) e um lipbalm de framboesa absolutamente delicioso (6.99€). 



A colecção ainda não está completa, apenas chegaram alguns produtos à loja do Grandella e já estão a ser um enorme sucesso. Aliás, não é para menos. O packaging lembra muito as embalagens dos produtos de beauté de & Other Stories, que infelizmente não se vende por cá, e os produtos são realmente bons. Os aromas são incríveis e podemos mesmo comprovar os efeitos de hidratação e de cuidados para os quais foram pensados.

O óleo Vitalising All Over Oil então é absolutamente fenomenal e podem dar vários usos diferentes, aplicarem no cabelo húmido para dar algum brilho e selarem as pontas, aplicarem no corpo para hidratarem e perfumarem o corpo ou usarem no banho como óleo hidratante para repor a hidratação da pele. É um óleo à base de óleo de jojoba e de girassol com óleos essenciais absolutamente irresistíveis - vale bem a pena!

O creme de mãos Sweet Lemon, bem, eu sou suspeita porque sou louca por cremes de mãos mas a verdade é que ficam super, super mega suaves, parecem seda, sem a sensação que estão a colar ou gordurosas e o aroma a limão é absolutamente delicioso. 

Last but not least, o Raspberry Lipbalm, um bálsamo de lábios que é um verdadeiro sonho. Sabe a pastilha elástica, bem deliciosa - dá vontade de comer, mesmo! O aroma é incrível e o poder de hidratação dos lábios é muito boa. Para além disto dá um toque de cor muito subtil aos lábios deixando-os ainda mais bonitos. Foram 3 boas compras que aconselho, mesmo! 

The After Party // Oscars 2016

29.02.16 | Joana Carreira

from Hollywood, with love!

A passadeira vermelha desta 88ª edição dos Óscares estava muito fraquinha, para mim a melhor da noite, foi a Lady Gaga e também adorei a Margot Robbie.  A Jennifer Lawrence estava gira, num Dior arrojado, mas não foi dos meus favoritos e normalmente, nunca me desilude. O nosso Leo lá levou finalmente o Óscar e a internet veio abaixo, foi merecido e sinceramente já era mais do que a altura certa, ficou bem entregue. Mas, muito mais do que a passadeira vermelha dos Óscares, é a after party da Vanity Fair. É aqui que vemos os vestidos e looks mais giros e este ano não foi excepção. 



























Gostei muito do vestido da Sofia Vergara na after-party, ou não fosse eu uma fã incondicional do branco. Outro look que adorei foi o de Jessica Alba e o da Jennifer Lawrence na after-party que trocou para um vestido preto com aberturas laterais, super bonito.  A tendência foi precisamente o preto e o branco, dois dos meus tons favoritos e dos mais elegantes, tanto na red carpet dos Óscares como na Vanity Fair. Favoritos? 


ST.STYLE #II

29.02.16 | Joana Carreira

Entramos em mais uma semana em grande estilo. 

Depois do temporal do fim-de-semana, esperemos que a semana seja com algum sol, as temperaturas mais amenas e os dias mais compridos. Entramos também no mês de Março que vai, finalmente trazer os dias maiores e mais solarengos (assim o espero!). Como já é habitual, reuni algumas fotografias da Milan Fashion Week e da London Fashion Week para nos dar alguma inspiração para esta semana que agora começa. 

  















Os tons claros, as peças de inspiração desportiva, as midi skirts, os padrões e o color block são algumas das tendências que podemos retirar daqui. Sendo que os tons predominantes, para além do rosa pastel e dos neutros, são o vermelho, o azul escuro e os tons terra. Boa semana girls! 

__
ph. Collagevintage & Pinterest

Chá das 5, com amor!

28.02.16 | Joana Carreira

Confesso que não sou louca por pão, não sou daquelas pessoas que tem de ter sempre pão em casa, mas quando tenho, não resisto, especialmente se for acabadinho de fazer e encher a casa com aquele cheiro absolutamente maravilhoso e que nos faz crescer água na boca. Cá em casa temos tido uma alimentação bem cuidada, tentando optar, sempre que possível por alimentos e produtos biológicos, e o pão não é excepção. Já vos tinha falado algumas vezes da Quinoa, a padaria biológica que tinha loja física na Rua do Alecrim, mas que infelizmente encerrou. Contudo, apesar disto, a Quinoa continua a produzir os seus pães e bolos biológicos, que estão à venda em espaços como o Celeiro, Brio ou Miosótis. Confesso que quando soube da notícia de que iam fechar o espaço que tinham no Chiado, fiquei um pouco triste porque gostava bastante de lá ir, principalmente ao brunch onde podíamos experimentar um pouco de tudo. 




Tenho tentado reduzir o glúten ao máximo e cortado com a maior parte dos alimentos processados que nos fazem tão mal, no entanto uma vez ou outra lá saio da linha e a gula fala mais alto. Pão, massas, pizzas, sushi... de vez em quando apetece e sem dúvida que nada melhor do que uma excepção para matarmos as saudades e tornarmos esse momento ainda mais especial - precisamente por ser uma excepção. 

Nem sempre é fácil encontrarmos pães e bolos biológicos, apesar de cada vez mais haver esse cuidado, não há muita oferta, pelo menos para já. Domingo é sinónimo de lanche em casa com as amigas ou com a família, e para hoje trago-vos uma sugestão de algo absolutamente delicioso para o nosso chá das cinco. 

A sugestão é o pão biológico com cacau e pepitas de chocolate preto, uma edição especial que a Quinoa produziu inspirada no dia dos namorados, chamando-lhe Pão D'Amor, e não é para menos. Um pequeno mimo para matar a gula e que fica óptimo com mel ou doce de frutos vermelhos. Para acompanhar, um chá de menta ou de limão. Bem fofo e lindo de morrer, já para não falar de que é delicioso. Mais informações aqui.

Nails at home...

28.02.16 | Joana Carreira
 

Confesso que no que toca a manicure, pedicura e depilação gosto de fazer sempre em casa. Sou bastante prática e gosto de ser eu a fazer, até porque é mais fácil de gerir e conseguimos sempre fazer quando é realmente necessário em vez de esperarmos pelo dia em que fizemos a marcação. Também admito que quando não tenho paciência, prefiro sempre ir à manicura, até porque por vezes tem mesmo de ser e nada como uns mimos extra, mas regra geral faço quase sempre em casa.

Gosto de ter sempre as unhas arranjadas e também, confesso que, sou um bocado bipolar com a cor do verniz. A minha mãe por exemplo, aguenta uma semana inteira com o mesmo tom de verniz e eu acabo por enjoar e estou constantemente a alternar - vermelho, manicure francesa, preto, bordeaux, nude, rosa...

Hoje venho mostrar-vos parte do meu "kit de manicure" at home. Começo sempre por hidratar bem as cutículas com o creme Veggie à venda na Sephora, que ajuda a amolecer a zona das cutículas e depois retiro o excesso com o cuticle remover da BeterElite (à venda na Perfumes&Companhia). Ultimamente tenho usado o verniz da FormulaX, à venda em exclusivo na Sephora, como base fortificante de unhas, ajuda a alisar e a fortalecer as unhas e protege-as do verniz que vamos aplicar por cima. É muito importante aplicarmos uma base, precisamente para as protegermos, evitarmos que fiquei amareladas ou manchadas do verniz com cor - os tons escuros como os vermelhos são terríveis para deixar as unhas manchadas. Daí o facto de usar SEMPRE uma base de unhas que ajude a hidratar e a proteger. 

Não esquecer ainda de uma lima de unhas e um nail buffer que ajuda a alisar a superfície das unhas, a polir e a dar-lhe um brilho mais natural,  as minhas são ambas da BeterElite. Por fim, o nosso verniz favorito, de preferência que durem bastante e tenham um brilho bem intenso e nisso há duas marcas que são as minhas favoritas: O.P.I e Essie. Outra marca que se tem destacado muito neste campo e que tem atraído muito as minhas atenções é a Guerlain com os vernizes da linha La Petite Robe Noire, são 10 tons disponíveis e o brilho é incrível. 

Last but lot least, o meu momento "luxo do dia" ... o creme de mãos! Sim, sim a louca dos cremes tinha de falar de um creme de mãos não é? O many, many, mani da Essie, é perfeito para finalizar todo o processo... ou só para "matar" o vício de passar creme nas mãos. 

Black&White

27.02.16 | Joana Carreira

Gosto de looks simples, à base do branco e do preto e sem dúvida que há peças que devemos ter no armário e que nos salvam em dias como o de hoje. Chuva e vento, tudo o que gostamos, especialmente ao fim-de-semana quando podíamos aproveitar para passear, certo? O post de hoje é à base destes dois tons, uma espécie de wishlist bem futurista. 

Como não podia deixar de ser, o meu amor pela ZARA tem de estar sempre presente nas minhas wishlists, desta vez apaixonei-me por este corta-vento bem largo e fluído. A escolha perfeita para os dias de chuva, não acham? Confesso que nem sou nada de usar este tipo de peças, nunca gostei de corta-ventos mas este tem um design bem giro - ao vivo então é lindo de morrer. Um destaque especial para uma dream bag, a Tie Tote da Céline, já não é nova mas continua a fazer as minhas delícias, super futurista e, confessemos, quem não gostaria de ter uma Céline right

Ainda dentro dos acessórios, o modelo Gym da Eletta, uma das minhas marcas favoritas no que toca a este campo. Um relógio todo preto com uns apontamentos dourados. Uma inspiração mais masculina e que eu adoro. Estou obcecada por este modelo, quem sabe se não será a próxima aquisição.

Last but not least, Rihanna x PUMA Fenty Trainer. Penso que ainda só está disponível uma pré-venda dos mesmos, porque sabemos que vai acontecer o mesmo que aconteceu com os Yeezy do Kanye West para a Adidas, certo? São super futuristas, bem diferentes e claro, uma viciada em ténis como eu, tinha de ter um modelo destes na wishlist. 

Girls issues # Collants

27.02.16 | Joana Carreira

Não sei se sou só eu que tem este problema, mas... aqui vai em jeito de desabafo! 

Ah e tal, ser mulher é óptimo porque podemos usar saias, calças, calções, vestidos... Há sempre imensas roupas giras e podemos usar imensas coisas. Tipo... Só que não! Nem sempre! Ora então, eu vou explicar, eu adoro andar de saias, calções e tudo mais... mas só o consigo fazer no verão e porquê? Porque no inverno, temos sempre de usar collants e ... ou sou eu que sou mega esquisita com eles, ou o meu tom é único e não há nada que se pareça minimamente com o meu tom de pele. 

Primeiro ficamos sempre apertadas e com os collants a escorregar no gancho, entendem? Estilo boyfriend jeans... Segundo, sinto-me sempre uma boneca qualquer japonesa porque acho sempre que os collants são demasiado claros, demasiado escuros, demasiado brilhantes ou demasiado mates... É um eterno dilema. Terceiro, comigo os collants são descartáveis, é usar uma vez e pronto deitar fora porque ficam SEMPRE com uma malha, rompem ou qualquer coisa. A sério não sei onde é que ando que nunca, NUNCA consigo chegar ao final do dia com os collants intactos - e neste momento devem pensar que eu sou um pequeno animal que se anda a arrastar por todo o lado e a trepar às arvores para romper os collants. A Xana e a Maggie já gozam comigo e acham graça a este meu ódio a collants, mas a verdade é que se tiver de usar saias no inverno, provavelmente vou estar sem meias. Não consigo, juro que tentei. Experimentei de tudo, não há um tom, um "modelo" seja ele shape, ou sem ser shape... não sei, acho que vou morrer com este ódio para sempre. 

Eu juro que gostava de me sentir uma Beyoncé com os collants perfeitos, as pernas mega estilizadas e tudo mais, mas ... acho que não vai dar. Sou só eu que tenho este ódio aos collants ou há mais alguém que se queira juntar a este meu clube? Se calhar devia criar uma espécie de collantólicos anónimos ou assim... Sugestões? Há algum modelo ou marca especial que vos tenha mudado de ideias? Contem-me tudo porque já experimentei várias coisas e nada, e queria tanto usar umas quantas saias e vestidos giros que comprei agora... Mas com -10ºC e sem collants é impossível, não é?

__
Ph. Margo And Me

Panquecas de Banana & Canela

26.02.16 | Joana Carreira

Uma receita sem glúten, sem farinhas, sem leite e sem açúcares... Curiosas?

Querem melhor maneira de começarem a sexta-feira como uma receita deliciosa como esta? Pois é, hoje trago-vos a receita das minhas panquecas paleo de banana e canela. Super simples e rápido de fazer, e apesar de não ter farinhas, leite ou açúcar é uma receita bem deliciosa! Experimentem e comprovem por vocês mesmas! 



ingredientes
1 banana madura
2 ovos
1 colher sopa bem cheia de canela moída
1 colher sobremesa sementes de linhaça triturada


let's do this
Começar por triturar a banana madura e acrescentar os dois ovos, com a canela moída e as sementes de linhaça trituradas. Costumo juntar um pouco de nada de água para dar mais algum volume e não ficar um sabor tão intenso a canela. 

Aquecer uma frigideira anti-aderente com um pouco de óleo de côco para evitar que a mistura pegue no fundo. Em lume brando, deitar uma concha da mistura e esperar que engrosse - tal como fazem com a receita das panquecas normais. 

No final rego as panquecas com mel biológico e acrescento mais umas rodelas de banana. Podem ainda acrescentar pepitas de cacau cru ou côco ralado que fica delicioso. 

Yummmm!





Join the army!

26.02.16 | Joana Carreira

Join the army!

Como sabem gosto de estar sempre confortável e os meus looks acabam por ser sempre muito práticos, ando sempre a correr de um lado para o outro e nada como as peças perfeitas para que facilite a vida. Claro que gosto muito de usar saltos, mas também é certo que sou a primeira a defender os sapatos rasos, as botas ou os sneakers. Este foi um dos looks da semana, um pouco inspirada pelo post sobre uma das peças must-have da temporada, a parka.







military jacket // Bershka
t-shirt // ZARA
calças // ZARA
relógio // Cluse
botas // ZARA
colar // Tiffany's
pendente chave // TOUS

Um look prático para o dia-a-dia, com um toque mais urbano. As botas de inspiração militar e a parka com padrão camuflado foram as peças-chave do look e para rematar este look mais urbanwear, umas calças em polipele. 

As peças são de colecções passadas, mas encontram facilmente peças iguais ou semelhantes na lojas de fast fashion esta estação. Deixo-vos com algumas sugestões abaixo. O que acharam do look? Uma forma prática e trendy de aplicar uma peça tendência. 

Ceviche de salmão & abacate

25.02.16 | Joana Carreira



Uma das coisas de que mais gosto é de cozinhar e aventurar-me com pratos diferentes. Há coisas rápidas e bem práticas que podemos fazer no dia-a-dia, e o ceviche é um exemplo disso. Saudável, rico em ômega3 e proteínas. A receita de hoje é um ceviche de salmão em pasta de abacate acompanhado com zoodles e tomate cereja. Uma opção bem deliciosa e que fica abaixo das 300kcal. 



ingredientes
1 posta salmão (100gr);
2 limões;
1 lima;
ervas de provence;
1⁄4 de abacate (50gr);
1 courgette média;
tomate cereja;
sal;
pimenta;
azeite;
1 dentes de alho;

let's ceviche this up!

ceviche
O ceviche é no fundo peixe cru marinado numa mistura cítrica, é super simples e rápido de fazer. usei uma posta de salmão da Pescanova que tinha em casa congelada e deixei descongelar. Após descongelar totalmente, cortei em cubos pequenos e retirei as partes mais escuras da posta de salmão. Reguei com sumo de um limão e de uma lima, adicionei um pouco de sal e de pimenta preta e deixei marinhar no frigorífico durante cerca de 20 a 30 minutos. 

pasta de abacate
Enquanto o ceviche estava no frigorífico aproveitei para fazer a pasta de abacate, usei cerca de 1⁄4 de  um abacate, juntei sumo de um limão, um pouco de azeite e triturei tudo na liquidificadora até ficar uma pasta homogénea. Reservar no frigorífico.


zoodles
Bem a receita dos zoodles já não são novidade, por aqui. Peguei numa courgette média e com a ajuda de um espiralizador fiz os zoodles, é super simples, basta "afiar-mos a courgette" e ela vai sair com uma forma muito semelhante ao esparguete. Coloquei um fio de azeite e um dente de alho triturado numa wook e salteei os zoodles durante uns minutos até libertar um pouco de água.

Juntei tudo no final, et voila! O prato perfeito, simples e rápido! 

Pág. 1/6