Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sketchbook SIX

17
Abr16

ZOODLES de Beterraba

IMG_8441.jpg

 

O dia de hoje arranca com mais uma receita saudável, desta vez troquei os Zoodles de Courgette por beterraba. Outra opção igualmente deliciosa, mais fresca e perfeita para variar os nossos pratos do dia-a-dia. Desta vez trago-vos os Zoodles de beterraba, previamente cozida, com argolas de lulas grelhadas, salada de alface, cenoura e nozes, tudo isto temperado com sumo de limão.

 

É uma das refeições mais rápidas e fáceis de fazer, para além de ser super prática é uma refeição leve e que nos dá uma boa dose de minerais, vitaminas, proteínas e muitas coisas boas e saudáveis. 

05
Abr16

10 Receitas com Spirulina


Já vos falei dos mil e um benefícios da Spirulina, mas e receitas? Como é que podemos incluir a super-alga na nossa alimentação? Reuni então 10 receitas bem saudáveis, no fundo opções rápidas e simples de que gosto muito - especial destaque para o pesto, o topping para saladas, o smoothie verde e a quinoa crocante. Querem saber mais? Então aqui ficam 10 ideias!


green detox
O conhecido sumo verde ou sumo detox é precisamente uma das receitas mais conhecidas que inclui esta super-alga. Já sabemos que o sumo verde deve conter vegetais e fruta, os que mais gostarmos. A minha receita favorita junta espinafres, aipo, ananás, maçã, água e uma colher de chá de spirulina. Tudo isto triturado na liquidificadora et voila, um shot de minerais e vitaminas logo pela manhã. Há ainda outras misturas de que gosto muito como espinafres, água, limão, gengibre e spirulina só que acaba por não ser tão doce quanto a primeira opção. O sumo verde é uma das opções mais rápidas e fáceis daí ao seu enorme sucesso em todo o mundo.

green bowl
a seguir aos sumos verdes, o green bowl é uma das receitas mais populares e que mais me agrada. Porquê? Porque é uma óptima sugestão para um pequeno-almoço reforçado e nutritivo, principalmente para aqueles dias em que sabemos que vão ser caóticos e que vamos precisar dos nutrientes certos para chegarmos ao final do dia sem atacarmos o frigorifico ou a despensa. O que é que precisam para um green bowl super nutritivo? Muito simples, os ingredientes são: 1/4 de abacate, 1 a 2 bananas pequenas previamente cortadas e congeladas, 1 chávena de frutos vermelhos (frescos ou congelados), 1 colher de chá de spirulina em pó, 1 iogurte natural. 

Basta colocar tudo numa liquidificadora para triturarem e misturarem os alimentos até ficarem com uma consistência mais uniforme. Gosto de congelar as bananas na noite anterior porque vai dar outra consistência e o abacate é um alimento importante a ter em conta precisamente para lhe dar esta consistência mais cremosa e deliciosa. Depois podem adicionar como toppings granola, flocos de côco biológico, pinhões, sementes de chia, sementes de girassol, bagas de goji, nozes de pecã.. enfim, tudo o que mais gostarem. 



green smoothie
A diferença para o sumo detox é que o green smoothie acaba por ser bem mais consistente, no fundo podem usar a receita do green bowl e acabam por não acrescentar os toppings. Para o smoothie perfeito a receita é 3 chávenas de "verdes" à escolha (espinafres, aipo, alface, brócolos, pepino...) mais duas chávenas de algo líquido à escolha (leite de amêndoa, de soja, água de côco, sumo natural, água ou chá frio) e para finalizar uma chávena de fruta à escolha (banana, amoras, manga, ananás, kiwi, papaia, pêssego, maçã, açaí). Para que o smoothie fique consistente aconselho a que optem por uma banana, ou então optem por usar iogurte em vez de uma das chávenas de líquidos. 

Normalmente o meu green smoothie envolve uma banana congelada, espinafres, abacate, leite de amêndoa ou iogurte, quando não uso banana e opto por ananás e por fim uma colher de chá de spirulina. Podem ainda optar por adoçar com stevia ou mel.

chia pudding with spirulina topping
Os pudins de chia estão muito na moda, até porque a chia também tem imensos benefícios e é outro super alimento perfeito para juntar a iogurtes, batidos entre muitas outras coisas. As sementes de chia quando estão em contacto com algum líquido, como água ou leite de amêndoa, de côco etc acabam por criar uma consistência mais gelatinosa, daí a surgirem as receitas de pudim de chia. A sugestão é adicionar um topping com spirulina

Para o pudim de chia juntamos duas colheres de sopa de sementes de chia e uma chávena de leite de amêndoa ou outro leite vegetal, misturamos tudo muito bem e deixamos no frigorífico para que solidifique e crie a tal gelatina. Podemos fazer no dia anterior e depois é só acrescentar o topping que se faz super rápido na liquidificadora: 1/4 de abacate, uma colher de cá de spirulina, 3 a 4 folhas de menta fresca, uma colher de café de polén, 1 colher de chá de xarope de agave bio (podem comprar no Celeiro). Misturam tudo e ficam com uma espécie de mousse perfeita para colocarem como topping do vosso pudim de chia. Podem ainda adicionar raspas de côco e um mix de frutos secos. Yummmmm


green quinoa
E não, não usamos só spirulina em pequenos-almoços nutritivos e a prova disso é esta receita de quinoa com spirulina que é deliciosa - testada e aprovada, obviamente! Para isso vão precisar de ingredientes como duas chávenas de quinoa já cozinhada, brócolos, sumo de meio limão, sal, pimenta a gosto, courgette cortada às rodelas e uma colher de chá de spirulina. Basta misturarem tudo numa taça e está pronto a servir.



raw bar
As raw bars são um dos snacks de que mais gosto actualmente e a spirulina pode e deve ser incluída nestes snacks super práticos e fáceis de fazermos em casa. Tudo o que precisamos é de uma série de frutos secos, gosto de misturar pistácios, sementes de abóbora, lascas de côco biológico (sem açúcares adicionados) e amêndoas sem pele. Trituro tudo e depois junto óleo de côco, um pouco de mel biológico, spirulina e o sumo de uma laranja. Estendemos num tabuleiro e levo ao forno (pré-aquecido a 180ºC) por uns minutos até solidificar e ficar crocante. Et voila!

avocado toast

    O abacate é sem dúvida um fruto que gosto muito, é rico em gorduras boas e está cheio de benefícios, e uma das minhas receitas favoritas e mais fáceis é a tosta com abacate. E não há nada melhor do que esta combinação para uma refeição ligeira ou um brunch, a esta receita, podem juntar uma colher de chá de spirulina para dar um boost de proteína e vitaminas à vossa tosta. 



    spirulina salad dressing
    E em molhos para saladas? Uma outra opção onde podemos e devemos incluir esta super-alga. A receita? Muito simples, vão precisar de misturar os seguintes ingredientes: azeite, sumo de um limão, uma colher de chá de spirulina, gengibre ralado, sal, pimenta e meio abacate. Tudo isto bem triturado como topping de uma salada bem deliciosa.



    green topping
    Para saladas, tostas ou até mesmo para acompanhar outros pratos principais é uma espécie de esparregado com espinafres, spirulina, sementes de girassol, sumo de limão e azeite, tudo triturado e perfeito para colocar por cima da tosta de abacate, acompanhar com uns bifes de frango ou até mesmo para juntar a saladas frias ou quentes com quinoa, couscous etc.

    spirulina pesto
    Quem é que não se delicia com os famosos zoodles? Super práticos, rápidos e deliciosos! E se juntarmos um pesto com spirulina? Podemos fazer o pesto em casa ou optar por comprar já feito, pessoalmente adoro o pesto do Jamie Oliver que se vende no Continente e costumo juntar um pouco do molho pesto com uma colher de azeite  e uma colher de chá de spirulina em pó, tudo aquecido numa panela onde vamos juntar os zoodles e no final colocar como topping nozes de pecan e pinhões para ficar crocante. Yummmy, um dos meus favoritos



    Como vêem, ideias não faltam e de facto é um super-alimento que é facilmente adicionado nas receitas do dia-a-dia, seja ao pequeno-almoço, almoço, jantar ou até mesmo os snacks ao longo do dia. Vá agora quero ver essas receitas pelo instagram com a #eatcleanwithskbs
    30
    Mar16

    10 receitas com abacate


    Foi um dos quatro alimentos que mudaram a minha alimentação nos últimos tempos e que sem dúvida tem trazido imensos benefícios, é uma fruta rica em gorduras boas que o nosso organismo precisa e apesar de ser um alimento bastante calórico temos de pensar para além disso e pensar essencialmente a nível nutricional, um alimento muito rico em nutrientes e carregado de coisas boas.

    É um óptimo amigo para a nossa visão, tem imensa vitamina E que ajuda a revitalizar a nossa pele e o cabelo, mantém o coração saudável, é um dos melhores aliados no combate ao colesterol e doenças cardiovasculares, é um alimento com imenso potássio, fibra que ajuda a melhorar a absorção de nutrientes e ajuda a perder peso - inibe o apetite e é anti-inflamatório. No que toca à pele, por conter vitaminas A, C e E faz com que a pele fique muito mais bonita e saudável Para além disto, podemos ainda fazer várias máscaras e tratamentos de beleza com abacate: pele e cabelo que precisem de hidratação e nutrição profunda, é um alimento perfeito para isso mesmo. 
     
    Há inúmeras, inúmeras receitas com abacate! Mesmo! Seleccionei algumas, bem deliciosas que vos podem dar inspiração e ajudar a incluir esta super-fruta cheia de coisas boas na vossa alimentação. Aqui ficam as minhas sugestões.


    the delicious bagel
    A primeira sugestão que dou é uma óptima sugestão para um brunch ou uma refeição mais ligeira e combina três coisas de que gosto muito: bagels (com sementes, integrais ou normais), queijo para barrar com alho e ervas e abacate. Sim, faz mesmo crescer água na boca porque é de facto, delicioso! Para que ainda fique mais saboroso e mega estaladiço nada como torrar os bagels, pode ser na torradeira ou directamente numa frigideira, barramos o queijo de alho e ervas e colocamos umas fatias de acabate por cima, yummmm! 

    the classic combo
    Abacate e ovos, sim! É uma das combinações mais clássicas, seja em omeletes, ovos mexidos ou até mesmo em tostas, os ovos e o abacate são um dos dois pares perfeitos na cozinha - o outro conhecemos já de seguida. A sugestão para esta receita entra também como sugestão de pequeno-almoço: ovos mal cozidos numa fatia de pão com umas fatias de abacate trituradas com sumo de limão, fica absolutamente delicioso. Conseguem assim um pequeno-almoço equilibrado com hidratos de carbono, gorduras boas e proteínas. Classic! 


    ceviche party
    A segunda combinação já estavam a adivinhar não é? Pois é salmão & abacate! Provavelmente uma das combinações de que mais gosto na cozinha, é uma mistura rica em gorduras e em ómega3 e que é absolutamente deliciosa. Há pouco tempo aventurei-me na cozinha peruana e fiz o meu primeiro ceviche, a receita está por aqui pelo blog se quiserem experimentar é uma óptima opção para um almoço ou jantar e muito mais fácil e rápido de fazer do que pensava.

    avocado pesto
    É outra receita que uso muito e já partilhei até várias vezes no meu instagram (@jufcarreira) os meus Zoodles com este molho pesto de abacate que é absolutamente delicioso. Tudo o que precisam é de meio abacate, azeite, sumo de um limão, miolo de noz ou pinhões, sal e pimenta a gosto, trituram tudo e é só juntar à vossa massa ou aos vossos zoodles se quiserem "cortar" nos hidratos de carbono simples. 


    baked eggs in avocado
    Uma das receitas que tenho visto pelo mundo paleo e que é igualmente deliciosa, caso contrário não estaria por aqui, certo? Os ovos cozinhados em abacate que são super fáceis de fazer também e são super simples. Basta abrirem um abacate, retirarem o caroço e colocarem um ovo em cada metade, no lugar do caroço do abacate. Gosto de adicionar um pouco de pimenta e umas ervas aromáticas e deixo cozinhar no forno (220ºC) entre 15 a 20 minutos só para que as claras fiquem suficientemente consistentes, gosto deles mal cozidos no meio e a mistura da gema mal cozida com o abacate amolecido é deliciosa - sim para comermos mesmo assim à colherada! Yummmm

    the contrast toast
    Dispensa de apresentações não é? Aliás, a receita também já anda por aqui precisamente por ser uma das "tostas" com mais saídas cá em casa e uma das opções à qual recorremos sempre que queremos um brunch at home ou acordamos mais tarde, especialmente nas férias e aos fins-de-semana. Sumo de limão triturado com meio abacate, sal e pimenta barrado numa tosta de pão escuro e com fatias de salmão fumado por cima, parece-vos bem? 


    make it salty & sweet!
    Esta receita surge como sugestão de uma tosta mas pode perfeitamente ser feita sem qualquer fatia de pão, apenas como se fosse uma salada bitter-sweet. E porquê? Porque experimentem esta combinação: pêra fatiada com nozes, queijo gorgonzola, canela e um pouco de mel por cima. É absolutamente delicioso e pode ser uma óptima sugestão como uma base para uma salada ou quem sabe um snack a meio da tarde.

    the simple fried eggs
    Mais uma combinação deliciosa: ovos estrelados com fatias de abacate. Uma sugestão rápida, fácil e perfeita para um pequeno-almoço cheio de nutrientes: proteínas e gorduras boas! Não tem qualquer ciência, apenas dois ovos estrelados com umas fatias de abacate, mais ou menos maduro a escolha é vossa. Pode parecer estranho, mas não há nada como experimentarem.


    the green smoothie
    Ora pois tinha de vir um smoothie, claro que sim! Os smoothies verdes usam muito o abacate e de facto é um dos alimentos que ajuda a dar alguma consistência a estes "sumos" que tão bem nos fazem. Para além de serem ricos em vitaminas e minerais são uma forma super simples de recebermos um shot de coisas boas logo pela manhã. Haverá algo mais rápido do que juntar umas folhas de espinafres, meio abacate, umas fatias de ananás e um pouco de sumo de laranja numa liquidificadora? Super quick and easy! 

    the avocado & feta salad
    Por fim uma receita de uma salada bem leve e deliciosa agora para o verão, uma salada para o almoço que para mim funciona muito bem se for feita de manhã para dar tempo de ficar bem fresca até à hora H. Abacate cortado aos cubos, queijo feta e pepino tudo regado com sumo de um limão, sal, pimenta e ervas de provence. Ohhh verão vem rápido!


    E pronto podia ficar aqui o resto do dia com imensas receitas e ideias óptimas com o abacate. Para já ficam 10, provavelmente as minhas 10 favoritas e em breve partilho mais algumas coisas boas e deliciosas convosco. Agora quero ver essas receitas no vosso instagram, não se esqueçam de colocar a #eatcleanwithskbs para irmos todas fazendo parte deste movimento e irmos tirando algumas ideias.

    _
    Ph. Pinterest
    12
    Mar16

    Spring salad


    ... para recebermos o bom tempo da melhor maneira!
    Damos as boas vindas ao bom tempo, ao sol e aos dias mais compridos com uma salada! Yey! Começamos a deixar de lado as comidas quentes e a optar por pratos mais leves e a sugestão é precisamente: uma salada de brócolos com lulas bebés a acompanhar com chips de beringela. Soa-vos bem? 

    Pois é, a invenção veio num daqueles dias em que sabia que tinha de "dar cabo" daquele bocado de beringela que estava no frigorifico. A ideia inicialmente era fazer um snack para meio da manhã: chips de beringela mas como leva cerca de 1hora no forno decidi fazer como acompanhamento de uma salada bem colorida, cheia de proteínas e de vitaminas e minerais.

    chips beringela
    1 beringela 
    alho em pó
    orégaos
    azeite

    para fazermos as chips de beringela começamos por pré-aquecer o forno a 130ºC. Enquanto isto, vamos cortando a beringela às rodelas muito fininhas - sendo que quanto mais finas, mais estaladiças ficam e menos tempo levam a desidratar no forno. Forrei o tabuleiro do forno com papel vegetal e espalhei as rodelas da beringela. Numa taça, coloquei um fio de azeite com alho em pó e ervas (orégãos, alecrim ou rosmaninho o que mais gostarem) e pincelei nas rodelas de beringela antes de levar ao forno. Deixar desidratar no forno durante cerca de 50 a 60minutos até ficarem secas e estaladiças.


    salada
    150gr brócolos
    60gr cogumelos shitake
    2 dentes alho grandes
    1 lata lulas bebés em azeite (compro as da marca El Corte Inglés)
    azeite
    orégãos
    limão

    Num recipiente com água comecei por cozer os brócolos, durante 2 ou 3 minutos para que não fiquem muito moles. Enquanto os brócolos estão a cozer, numa frigideira estilo Wok, salteei os cogumelos shitake já laminados, com azeite, alho e orégãos. Depois, adicionei as lulas cortadas às rodelas com um pouco de limão.  Por fim, depois de esperar que os brócolos arrefecessem, cortei-os em lascas e juntei à Wok para saltear junto com a mistura. Depois é só colocar numa taça, juntar as chips de beringela et voila!

    Tão simples não é? 






    25
    Fev16

    Ceviche de salmão & abacate




    Uma das coisas de que mais gosto é de cozinhar e aventurar-me com pratos diferentes. Há coisas rápidas e bem práticas que podemos fazer no dia-a-dia, e o ceviche é um exemplo disso. Saudável, rico em ômega3 e proteínas. A receita de hoje é um ceviche de salmão em pasta de abacate acompanhado com zoodles e tomate cereja. Uma opção bem deliciosa e que fica abaixo das 300kcal. 



    ingredientes
    1 posta salmão (100gr);
    2 limões;
    1 lima;
    ervas de provence;
    1⁄4 de abacate (50gr);
    1 courgette média;
    tomate cereja;
    sal;
    pimenta;
    azeite;
    1 dentes de alho;

    let's ceviche this up!

    ceviche
    O ceviche é no fundo peixe cru marinado numa mistura cítrica, é super simples e rápido de fazer. usei uma posta de salmão da Pescanova que tinha em casa congelada e deixei descongelar. Após descongelar totalmente, cortei em cubos pequenos e retirei as partes mais escuras da posta de salmão. Reguei com sumo de um limão e de uma lima, adicionei um pouco de sal e de pimenta preta e deixei marinhar no frigorífico durante cerca de 20 a 30 minutos. 

    pasta de abacate
    Enquanto o ceviche estava no frigorífico aproveitei para fazer a pasta de abacate, usei cerca de 1⁄4 de  um abacate, juntei sumo de um limão, um pouco de azeite e triturei tudo na liquidificadora até ficar uma pasta homogénea. Reservar no frigorífico.


    zoodles
    Bem a receita dos zoodles já não são novidade, por aqui. Peguei numa courgette média e com a ajuda de um espiralizador fiz os zoodles, é super simples, basta "afiar-mos a courgette" e ela vai sair com uma forma muito semelhante ao esparguete. Coloquei um fio de azeite e um dente de alho triturado numa wook e salteei os zoodles durante uns minutos até libertar um pouco de água.

    Juntei tudo no final, et voila! O prato perfeito, simples e rápido! 

    18
    Fev16

    Rolinhos Paleo

     

    ... recheados com tomate seco, ervas e cogumelos shitake.

    Hoje trago-vos mais uma sugestão de uma refeição sem glúten, rica em proteína e super saudável. Chamei-lhe Rolinhos Paleo, no fundo são bifes de frango enrolados com tomate seco e cogumelos shitake, temperados com alho e ervas. Uma refeição bem deliciosa e fácil de fazer. Querem saber como? 



    ingredientes (para 2 pessoas)
    6 peitos ou bifes de frango
    5 pedaços de tomate seco
    80gr cogumelos shitake 
    alho 
    ervas aromáticas
    sal
    limão

    let's do this
    • Comecei por temperar os bifes de frango, podem usar peitos de frango também se fôr mais fácil. Temperei apenas com um pouco de sal, sumo de limão e uma mistura de ervas e salsa de que gosto muito, costumo usar o da Margão Segredos Alho e Salsa que é mais simples. Tempero bem, normalmente capricho bastante no tempero porque adoro esta mistura e regado com sumo de limão então ainda melhor;
    • Pré-aquecer o forno 180ºC;
    • Numa frigideira, juntei um pouco de azeite e comecei por saltear os cogumelos shitake para depois de estarem cozinhados, enrolarmos os bifes de frango;
    • Cortei os pedaços de tomate seco aos bocadinhos e juntei aos cogumelos. 
    • Estendi os bifes de frango já temperados e coloquei em cada um, os cogumelos e o tomate seco
    • Enrolar os bifes com cuidado e prender com palitos antes de os levar ao forno para ficarem macios e solidificarem;
    • Colocamos os rolinhos no forno já aquecido durante 10 minutos e depois de estarem macios e ligeiramente cozinhados retiramos cuidadosamente os palitos e colocamos num grelhador para que cozinhem totalmente; 
    • Acompanhei com uma salada de alface e cebola roxa e com uns zoodles salteados em óleo de côco! Yummmm!

    PUB