Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Sketchbook SIX

22
Jun17

As 5 regras para nos tornarmos masters em saldos

Laura_Brown-21.jpg

 

 

Arranca a época de saldos e a maior parte de nós entra em loucura. Corremos para a ZARA, esperamos pela meia-noite para conseguirmos apanhar as nossas peças favoritas, ou acabamos por tentar escapulir na hora de almoço para ir espreitar o que está ou não em promoção. Contudo, temos sentimentos mistos por esta altura do ano. Se por um lado ansiamos que chegue para comprarmos as nossas peças favoritas a preços mais baixos, mas por outro, odiamos confusão e roupa toda amarrotada, filas intermináveis ou tamanhos esgotados.

 

 

Agora que os saldos estão aí, nada como apurarmos a nossa expertise em bons achados, fazermos boas compras e  comprarmos apenas o necessário. No fundo, como é que podemos tirar partido dos saldos e da época das promoções.

 

 

 

# BOAS COMPRAS

 

O que são realmente boas compras? Há peças que são efectivamente aquelas que mais usamos, seja no nosso dia-a-dia (porque a nossa profissão assim o exige) ou porque faz parte do nosso estilo pessoal.  Hoje em dia já não vale a pena haver uma lista demasiado “stricted” de peças que são as obrigatórias em qualquer closet, até porque temos todas profissões e gostos diferentes e nem todas as peças são usadas da mesma forma.

 

Boas compras podemos considerar como aquelas peças que usamos vezes e vezes sem conta e que devem sim, ser de uma qualidade superior porque vamos usar mais do que as peças tendência normais.

 

# ESTUDO PRÉVIO

 

Uma das dicas que dou sempre é precisamente o estudo prévio. É um passo muito importante para evitar o consumo de peças que não precisamos na realidade. Ver o que temos em casa, o que usamos, o que não usamos e o que gostaríamos de usar ou de voltar a usar. Peças que precisam ser repostas, básicos de boa qualidade, peças tendência que sabemos que vamos usar durante algum tempo entre outras. Um estudo das nossas lojas favoritas, das peças que estão em loja, que vão para saldos - hoje em dia conseguimos saber facilmente porque dias antes começam a alinhar tudo para os saldos e claro, o nosso armário. Ver o que temos e o que não temos. 

 

# PEÇAS CHAVE

 

A terceira dica é precisamente: encontrar as peças-chave. Quais é que são aquelas peças que vamos usar sempre e que valem a pena um investimento. NO fundo é olhar para as peças que mais usamos no nosso dia-a-dia e repor com peças de qualidade, uns jeans por exemplo, blazers ou até mesmo uma boa mala. Encontrar bons básicos, boas peças-chave e algumas peças tendência das quais tenhamos gostado. 

 

# HORAS IMPROVÁVEIS

 

Horas de almoço são absolutamente caóticas, para esquecer mesmo. A melhor altura para fazermos compras e bons achados nos saldos são logo nas primeiras horas, ou nas últimas da noite, antes de fechar - apesar a confusão estar um pouco mais instalada. Os Domingos de manhã também costumam ser mais calmos e se formos com a nossa lista fehcada e as peças já estudadas, fica tudo mais fácil e poupamos tempo. 

 

# LOJAS DIFERENTES

 Outro truque óptimo é precisamente ir a lojas diferentes das que costumamos ir habitualmente, podemos encontrar outro tipo de peças, as vezes de sobras de stock, trocas etc ou até memso outras marcas que possam ter coisas interessantes e que muitas vezes não compramos por serem mais caras. É aqui que conseguimos sempre bons achados e que valem bem a pena, investir em peças de qualidade e peças diferentes. 

 

1 comentário

Comentar post

PUB