Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sketchbook SIX

31
Jan16

Diz-me o que comes....



... Dir-te-ei quem és! 

Desde Setembro de 2015 que a minha alimentação tem sofrido algumas mudanças. Cortar nos açúcares refinados, no glúten e na lactose. O primeiro passo já foi tomado há quase um ano, deixei de beber leite pois comecei a notar que sentia a barriga muito mais inchada e demorava muito tempo a fazer digestão do leite. Fiquei-me apenas pelos iogurtes, sendo que comecei a experimentar iogurtes sem lactose como os da MinusL


Depois de ter lido muito sobre a dieta Paleo, desde o livro a Dieta do Paleolítico, ao caso da Ella do Deliciously Ella, ao livro Chegar Novo a Velho ou Cérebro de Farinha, as coisas começaram a fazer sentido para mim e seria possível adoptar uma dieta neo-paleo no meu dia-a-dia. Consultei um nutricionista claro e tenho feito exames médicos regularmente e na verdade, sinto-me super bem. A primeira diferença que notei? A pele! Ao fim de dois dias sem glúten, açúcares refinados e sem lactose, a diferença foi brutal. A pele super luminosa, lisa, sem um único sinal de borbulhas ou poros dilatados e acabei por confirmar que realmente "somos o que comemos". 

E pelo que andei a pesquisar, de facto a nossa pele dá-nos sinais de como a podemos tratar. Os sintomas de pele cansada, pele marca, noites mal dormidas podem vir da nossa alimentação - sim porque em termos de borbulhas já sabemos que os culpados são os doces e os açúcares, certo?


Para sabermos diagnosticar o que é que estamos a ingerir em excesso, temos de olhar bem para o nosso rosto, de preferencia à luz do dia para conseguirmos analisar todas as zonas e percebermos se temos uma Glúten, Dairy ou Sugar Face. 

Uma gluten face é definitivamente marcada por sinais como manchas mais escuras em volta do pescoço, algumas borbulhas e imperfeições nesta zona e ainda por vermelhidões na zona das bochechas e algumas borbulhas na testa. Isto pode ser sinal de que as massas, o pão, os cereais ou as bolachas estão a ser consumidos em excesso, claro que pode haver ainda outros factores que possam estar por detrás destes sintomas, mas podemos tentar remediar com a alimentação. Tentar reduzir a quantidade  de alimentos com glúten por dia ou substituir pelas versões sem glúten. Há cada vez mais opções e podemos sempre experimentar.  

Uma dairy face é definitivamente identificada através de imperfeições concentradas na zona do queixo, algumas borbulhas e pontos negros espalhados pelo rosto e algum inchaço e manchas mais escuras em volta dos olhos. As noites mal dormidas também podem ser um outro factor para que isto aconteça, até porque não dormir as horas recomendadas faz muito mal à nossa pele, no entanto o consumo de leite em excesso ou outros alimentos caracterizados como "dairy" podem ser a causa de um rosto com estes sintomas. 
Por fim, e provavelmente a cara com que todas ficámos depois desta época festiva: a sugar face! O que é uma sugar face? Pois é, já estão a adivinhar: too much sugar! Demasiados doces, bolos, chocolates, guloseimas... A pele mais acinzentada, o acne espalhado um pouco por todo o rosto e os olhos mais inchados são sem dúvida alguns dos sinais de que andamos a ingerir demasiados açúcares refinados. O remédio? Cortar ou substituir por outros que não façam tão mal. Mas se abusámos nos doces, sabemos que chegou a altura de os reduzirmos. 



PUB