Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sketchbook SIX

09
Jan16

MADRID # O ROTEIRO


Para quem me acompanha por aqui e pelas redes sociais teve oportunidade de ver que fui passar o fim do ano a Madrid. Este ano optámos pela capital espanhola e fomos super bem recebidos. Já tinha ido a Madrid algumas vezes, mas sempre em trabalho e nunca tive oportunidade de a explorar como desta vez e realmente, fiquei maravilhada com tudo! Todos os cantos e cantinhos, as ruas, a luz, a arquitectura dos prédios e a forma como Madrid está organizada.



Quantos dias para ver Madrid? 
Pois bem, 3 a 4 dias no máximo chega perfeitamente para verem bem a cidade e ficarem a conhecer todas as zonas de Madrid. 


>> VIAGEM
Primeiro que tudo, a viagem! No nosso caso, optámos por ir de carro até Madrid, são cerca de 630km (mais ou menos 5h30m). No entanto podem sempre encurtar o tempo de viagem e aproveitar as companhias lowcost como a RyanairEasyjet ou a Vueling que têm preços bem acessíveis a partir de Lisboa ou Porto até Madrid a 1h10m de distância. Se procurarem com alguma antecedência até pode compensar irem em companhias maiores como a TAP por exemplo, às vezes com bagagem até compensa mais e é mais cómodo. 

>> HOTÉIS & ALOJAMENTO
Em Madrid o que interessa é arranjarem um hotel ou um local para ficarem que seja bem perto do centro, isto porque se assim fôr compensa pouparem no passe e fazerem a cidade a pé. É uma cidade grande mas que se faz lindamente, e além do mais queremos ir ver Madrid e não passar a vida a andar de transportes públicos, certo? 

Para os hotéis, sugiro o Booking, aqui podem ver os comentários de clientes anterior, a localização do hotel e as facilidades (distância do metro, localização etc) e assim já têm uma ideia se é ou não o hotel ideal para vocês. 

Se viajarem com um grupo grande, porque não a HomeAway? Um portal de alojamento de casas e apartamentos e com preços que variam bastante, uns até permitem levar os animais de estimação e há alojamentos para grupos grandes - e acreditem que com a animação constante de Madrid, reunir um grupo grande para ir de férias acaba por ser um programa bem divertido! Na HomeAway têm ainda a vantagem de puderem contactar facilmente os donos do alojamento, combinarem horas, entrega das chaves entre outras coisas. 

Para os mais atrevidos, têm sempre o Couchsurfingum conceito que tem ganho cada vez mais adeptos e que tem tido bastante sucesso. No fundo acabam por ficar hospedados com locais, habitantes de Madrid e acabam por conhecer pessoas novas e fazer bons amigos, além do mais podem ter a certeza que vão conhecer Madrid melhor do que ninguém, quem melhor do que os habitantes de uma cidade para a mostrarem? Para quem gosta deste tipo de aventuras, é uma boa dica.


>> MADRID
Uma das coisas de que mais gosto de Madrid é a forma como as ruas estão organizadas e os diferentes bairros que são super distintos uns dos outros. Tão depressa estamos numa zona super trendy como a Chueca como de repente estamos em Salamanca, uma das zonas mais chiques e sofisticadas de Madrid. 

Madrid é ainda composta pela avenida principal, a Gran Via e em volta dela é literalmente um mundo por descobrir. Tem a parte antiga de Madrid com a Plaza Mayor, o mercado de San Miguel e o Palácio Real e depois uma parte mais trendy que fica na zona oposta de Madrid. Têm ainda sitio lindos para visitar como o Retiro, a zona das Portas do Sol e Calle Mayor, a Chueca entre muitas outras.

  >> DIFERENÇA HORÁRIA 
Em Madrid é mais uma hora do que em Portugal, não interfere com o jetlag ahah. 


>> CLIMA 
Quando marcarem a viagem para Madrid escolham uma altura do ano em específico tendo em conta aquilo de que mais gostam - eu ODEIO frio! Mesmo e Madrid é mesmo, mesmo, mesmo frio nesta altura do ano por causa da grande amplitude de temperaturas. À noite os termómetros chegavam a marcar 1ºC e para quem estava habituada aos 14ºC de Lisboa à noite e 20ºC durante o dia, foi um choque um bocado grande. Além do mais Madrid é uma zona onde o frio é daqueles secos, que nos congelam todas! Brrrr! Mas, foi uma altura perfeita para ver Madrid porque estava tudo iluminado com as luzes de natal e foi o pré-dia de reis onde a cidade está mega animada, cheia de mercados e imensas coisas para ver.

Se optarem pelo verão, atenção ás temperaturas que são altíssimas, mesmo! O ideal é irem em estações intermédias, estilo Primavera e Outono, a não ser que o motivo da viagem seja um momento em particular como no meu caso, a passagem de ano.


 >> TRANSPORTES
No que diz respeito a transportes, Madrid tem uma óptima rede de metro  e dependendo da zona onde vão ficar hospedados, os preços do passe de metro variam. Um bilhete de metro ronda os 2€, mas podem optar por um bilhete com 10 viagens com preços que rondam os 12€ ou um passe diário (1 a 7 dias) e os preços variam entre os 9€ e os 36€ (podem consultar aqui). Podem também optar por anda a pé que foi basicamente o que fizemos porque estávamos sempre no centro e íamos facilmente a qualquer lado a pé e era sempre uma óptima desculpa para explorarmos mais as ruas e descobrirmos cantinhos novos - é o que mais gosto de fazer neste tipo de viagens, confesso.

Podem também optar pelos taxis, mas penso que não se justifica, principalmente se ficarem no centro. Se vierem de avião para a capital espanhola, têm ainda uma excelente rede de metro que vos liga até ao centro da cidade, don't worry. 








>> COMER 
Ohhh comida! O que comer em Madrid? Desde a maravilhosa Paella, a tapas, ao chocolate com churros... Tanta coisa maravilhosa para experimentar! Há imensos sítios onde podem comer as típicas tapas espanholas - croquetes de presunto, de cogumelos, queijo brie fundido com presunto, pimentos padrón, montaditos... tanta coisa! Experimentámos a cadeia LATERAL (há várias espalhadas pela cidade) e comemos também um dia no Mercado de San Miguel (o meu favorito!) e outro no Mercado de San Antón (este último bem mais caro). 

Não podem ainda deixar de passar numa cadeia americana SUPER cute que é a Tommy's Mel e que tem os melhores batidos, espreitar os Los Gallos que é incrível (têm de marcar e peçam para ficar no terraço), Estado Puro e para o final da tarde, um chá no El Jardin Secreto (obrigatório ir!).

Para lanchar? Mama Framboise, onde vão beber o melhor chocolate quente da vossa vida, Chocolateria San Guinés para provarem os Churros com Chocolate ou La Mallorquina para uma pausa para um bolo.







 >> COMPRAS
Em Madrid há lojas e marcas que não há, para já em Portugal. Sempre que vou a Espanha há um sítio obrigatório a visitar: Sephora ou El Corte Inglés para comprar uma das minhas marcas favoritas de maquilhagem, a NARS. Na Gran Via podem encontrar a maior parte das lojas e por onde não podem deixar de passar, apesar de serem lojas que há cá, vale a pena visitar mesmo pelo aspecto interior da loja como é o caso da ZARA ou da H&M. Em 2015 abriu ainda uma Primark GIGANTE na Gran Via, tão grande que havia fila para entrar nos dias em que lá estive, é incrível. Há ainda uma loja que adorei e que não conhecia, a Double Agent que é estilo Brandy Melville e que fica também na Gran Via. Quanto a outra zona de compras, têm sempre a Calle de Fuencarral na zona da Chueca onde podem encontrar outro tipo de lojas como a Brandy Melville, ou passearem por Salamanca onde têm a Calle Serrano onde encontram as grandes marcas como Saint Laurent, Louis Vuitton etc. Ainda nesta zona de Salamanca, não podem deixar de visitar a COS e a & Other Stories. Na zona das Portas do Sol encontram uma Sephora óptima para compras, o El Corte Inglés e ainda a Topshop

Mais acima  de Salamanca e um pouco mais deslocado destas zonas, encontram a Abercrombie que é uma casinha adorável e que vale sempre a pena. 



>> ROOFTOPS 
Uma das coisas de que mais gosto é de ver o pôr-do-sol, seja em cidade ou no campo e por isso mesmo é sempre uma das coisas que procuro antes de viajar, bons spots para ver o pôr do sol ou para relaxar ao final da tarde, depois de um dia inteiro a andar. Em Madrid têm vários spots perfeitos para isto, o que aconselho mesmo é o Tartan Roof no Circulo de Bellas Artes, daqui têm uma vista panorâmica sobre a cidade: vista para a Metropolis, para a Plaza Cibeles e para os arredores de Madrid, é incrível mesmo. Outros locais que valem a pena visitar são a Terraza Cibeles e a Terraza Mercado de Moncloa. 

  >> VIDA NOCTURNA
Pois bem, Madrid é conhecida pelas suas festas e animação constante, certo? E há locais OBRIGATÓRIOS e incríveis em Madrid que não podem mesmo deixar de visitar, como a clássica Kapital (cada piso tem um tipo de música diferente e é incrível em termos de arquitectura e ambiente) ou a Gabana que é uma das melhores da cidade. 

 >> A VISITAR
Não podem deixar de visitar o Palácio Real e os Jardins de Sabatines, super bonitos e perfeitos para fotografias muito giras. O Jardim do Retiro onde fica o Palácio de Cristal, as Portas do Sol, a Calle Mayor, Plaza Mayor e os mercados de San Miguel e San Anton são outros locais obrigatórios por onde não podem deixar de passar. Ainda não deixar de espreitar o Museu da Reina Sofia, o Passeio do Prado e o Museu do Prado e para um final de tarde perfeito? O Templo Egípcio de Debod. Para além de tudo isto, passear nas ruas muito! Porque para mim o que mais gosto quando viajo é mesmo ir à descoberta! 

Acima de tudo, aproveitem, divirtam-se e tirem muitas fotografias para mais tarde recordarem estas aventuras que nos fazem tão bem! Podem ainda ver mais fotografias dos meus dias por Madrid aqui


PUB