Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sketchbook SIX

21
Set15

NYC Diaries: Roteiro & Dicas


Ainda dentro do tema NYC e como hoje é segunda-feira decidi partilhar convosco mais um vídeo onde vos falo sobre os dias por NYC, com dicas, um roteiro express sobre os locais a ver, onde ficar e tudo o que precisam saber antes de marcarem a viagem para os Estados Unidos. Inclui ainda algumas fotografias da viagem. Queria agradecer ainda todos os comentários e feedback positivo que tenho recebido especialmente pelos meus últimos vídeos. 


Espero que gostem, não se esqueçam de subscrever o canal e deixar o vosso comentário com mais sugestões para mais vídeos, mais temas, tags etc.


09
Set15

ROTEIRO // NYC




Nova Iorque é sem dúvida a cidade de sonho de muitos de nós, toda aquela magia que vemos nos filmes, as fotografias e o que vemos na televisão, tudo isso é verdade, mas antes de marcarem a viagem há que planearmos bem os nossos dias para que não percamos nada. Há coisas a saber sobre Nova Iorque, há imensas coisas para tratar e sobre isso já tinha escrito aqui

>> ORGANIZAR A VIAGEM
Como é que eu organizei então a viagem a Nova Iorque? Pois bem, não era a primeira vez na cidade pelo que saltámos um pouco algumas coisas que já tínhamos visto da primeira vez. Contudo incluímos alguns lugares que não podíamos deixar de voltar a visitar, tais como: Central Park, Empire State Building, Rockefeller Center, Brooklyn Bridge, 9/11 Memorial, Broadway, Times Square. E como hoje em dia já não vivemos sem smartphones, andei a pesquisar algumas aplicações óptimas que me ajudaram a organizar tudo, a mais usada foi a Tripomatic que serve para qualquer lugar. A aplicação permite seleccionarmos os lugares que queremos visitar e ela mesma vai-nos traçando o percurso no mapa para percebermos onde estamos, qual a distância entre os principais pontos de interesse, quais as estações de metro mais perto entre outras coisas como a previsão do tempo,  hotéis, restaurantes, sugestões de pontos de interesse próximos, lojas etc. É uma app gratuita e muito fácil de usar.

Quantos dias são precisos para ver a cidade? Pois bem, para verem tudo com calma, no mínimo 4 dias inteiros para tirarem maior partido da cidade. Normalmente nas minhas viagens culturais saímos sempre de manhã cedo do hotel e só voltamos à noite, é mesmo só para ir dormir umas horas. Gostamos de andar o máximo de tempo a pé e a explorar a cidade. 

Quando organizamos a viagem, dividimos as áreas por dia e no último acabamos por repetir a zona que mais gostámos, principalmente para as últimas compras ou fotografias ou simplesmente por termos gostado daquela zona que foi o que aconteceu com SoHo. 




>> PERCEBER NOVA IORQUE
Em Nova Iorque temos duas maneiras de nos orientarmos, principalmente se vão andar de metro a maior parte das vezes (o melhor transporte para andar na cidade). Em Manhattan as ruas são enormes e maior parte delas são numeradas, pelo que por vezes se queremos encontrar um determinado lugar é normal que nos digam que fica no cruzamento da Broadway com a 57th. É uma das formas de nos orientarmos, a outra é através das zonas, se é Uptown (zona alta da cidade) ou Downtown (baixa da cidade), desta forma conseguimos obter algumas direcções para não nos perdermos naquelas avenidas sem fim. 

Se ajudar, principalmente no metro, ficam a saber que Brooklyn e Staten Island ficam abaixo de Manhattan e Bronx acima. 

Brooklyn Bridge
Brooklyn Bridge, Estátua da Liberdade, 9/11 Memorial, Wall Street.
Começámos o dia por ir de metro até Brooklyn, a ideia era atravessar a ponte de Brooklyn a pé de Brooklyn para Manhattan. Um passeio super giro de se fazer e de onde conseguimos ver o skyline da cidade, ver os arranha-céus de longe e tirar fotografias lindas de morrer. De seguida fomos em direcção ao Financial District, a zona de Wall Street que tem arranha céus fenomenais e ruas bem particulares. Aqui vemos alguns arranha céus de algumas empresas e é uma zona onde existem alguns escritórios. Perto desta zona encontram ainda o memorial do 11 de Setembro, um jardim com duas fontes enormes e um museu em homenagem ao 9/11. Um local a não perder e que não nos deixa indiferentes. 

9/11 Memorial

Ainda perto do Financial District podem apanhar os ferries ou os water taxis para visitarem a Estátua da Liberdade e a Ellis Island, podem e devem reservar os bilhetes com alguma antecedência para evitarem filas (aqui). 

Se preferirem fazer a Brooklyn Bridge depois de almoço, sugiro que almocem numa pizzaria óptima em Brooklyn e depois atravessem até Manhattan - Grimaldi's Pizzaria.

SoHo
SoHo, Chinatown & Little Italy
A ilha de Manhattan tem coisas fascinantes e uma delas é o facto de ter áreas temáticas, há duas pequenas zonas que valem a pena conhecer como Little Italy com comunidades italianas onde há restaurantes óptimos e Chinatown. Para fazerem compras, a zona de eleição é SoHo, onde há várias lojas de designers e diferentes das que estamos habituadas. Aqui encontram lojas como a Dash, Victoria's Secret, Kate Spade, Chanel, Topshop, Urban Outfitters, entre muitas outras. 

Topshop


SoHo foi uma das zonas de que mais gostei, acabámos por voltar no ultimo dia de manhã para fazermos as últimas compras e aproveitarmos para passear nas ruas desta zona de Manhattan que é tão bonita. Aqui podem ver os prédios super bonitos, com as escadas de emergência no exterior que é tão característico de Nova Iorque, as lojas todas arranjadinhas e com montras incríveis. 

Times Square
Times Square & Broadway
Provavelmente a praça mais movimentada e com mais pessoas onde vão estar, aqui somos encadeadas pelos inúmeros e infindáveis monitores e pelos placares luminosos das várias lojas que estão a rechear o Times Square. Encontram ainda a famosa bola luminosa que é tão característica da passagem de ano, as escadas vermelhas, lojas como Toys R Us, Hershey's, Sephora, Hard Rock Café, Mc Donald's, Disney Store, Forever 21 entre muitas outras. Um sítio a visitar principalmente à noite que é fabuloso. A Broadway fica aqui bem perto também e é uma zona onde estão os melhores espectáculos de sempre, fomos ver o Wicked e é um dos musicais que aconselho vivamente. Outros igualmente bons são The Lion King, Phantom of the Opera e Aladin. Os bilhetes para a Broadway não são de todo baratos, mas valem cada cêntimo pelo espectáculo que é - os cenários, as luzes, os actores.. Podem encontrar por baixo das escadas vermelhas no Times Square a TKTS que vendem bilhetes last minute para os espectáculos da Broadway e arranjam bons preços aí. 

Carrie Bradshaw's Apartment, 64 Perry St


Greenwhich Village 
É uma das zonas obrigatórias a visitar, principalmente para as fãs de Sex and The City e da série FRIENDS. É aqui que encontram a fachada do apartamento de Carrie Bradshaw (64 Perry St) e a fachada do prédio que aparece na série dos 6 amigos FRIENDS (101 Bedford St). Inevitável tirar uma fotografia com cada uma das fachadas. Neste dia, preparem-se para pararem na melhor loja de cupcakes de sempre, Magnolia Bakery.

Magnolia Bakery
A escolha aqui foi bem difícil confesso, mas acabámos por provar o red velvet, um clássico americano, e um cupcake com chocolate. Ambos deliciosos, eu sou super fã de cupcakes e estes foram os melhores que já comi. Uma paragem obrigatória - e sim, neste dia não há dieta porque vale a pena cada caloria!

Tiffany's, 5th Av

5th Av, Madison Av, MoMa, Rockefeller Center,  Empire State Building, Central Station

Mais uma zona de compras em Nova Iorque, são estas duas avenidas enormes - 5th Avenue e a Madison Avenua que são das mais conhecidas e aqui há pelo menos uma paragem obrigatória, a loja da Tiffany's da 5th Av. Foi aqui que foi gravado o filme Breakfast at Tiffany's, um clássico do cinema com uma das minhas actrizes favoritas de sempre, Audrey Hepburn. Aqui encontramos também lojas como Abercrombie, Hollister, Forever 21, Topshop, Apple Store (onde comprei o meu MacBook), Rolex, Louis Vuitton entre muitas outras. Uma das avenidas "mais caras" de sempre com as lojas de luxo e outras mais acessíveis.

5th Av

Acabámos por sair no metro perto do MoMa, o museu de arte moderna que deve ser visitado, principalmente se forem amantes das artes. Foi um dos museus que me marcou e que marcou o meu percurso no secundário, após a minha primeira vinda a NYC. Um museu que me deixou encantada com as várias exposições e por ser tão diferente daquilo que tinha visto até então. Outro museu obrigatório para os amantes das artes é o Guggenheim, uma paragem a não perder não só pelas obras todas que contém, mas também por ser uma peça de arquitectura fenomenal que merece ser visto ao vivo.

Radio City Music Hall

Andámos a pé a explorar a 5th Av e a Madison Av e seguimos até ao Rockefeller Center, sendo que no caminho acabámos por esbarrar com o Radio City Music Hall e com o NBC Studios que fica por trás de outro dos pontos mais icónicos de Nova Iorque, Rockefeller Center. Aqui têm ainda um miradouro brutal que vale a pena, o Top Of The Rock de onde vêm uma vista fantástica sobre NYC.

Rockfeller Center
Em frente ao Rockefeller Center podem encontrar um dos muitos armazéns de Nova Iorque, a Saks. Uma espécie de El Corte Inglés dividida por áreas, desde beleza, vestuário, acessórios entre outros. Para além da Saks têm ainda outros muito conhecidos como Macy's e Bloomingdale's onde conseguem bons descontos em algumas peças de designers.

Grand Central Station
Depois de passarmos a zona do Rockefeller Center fomos em direcção ao Empire State Building e pelo caminho passámos numa das estações de comboios mais bonitas que já vi e que costuma aparecer em vários filmes e séries, a Grand Central Station. As fãs de Gossip Girl certamente que se recordam do primeiro episódio de todos, quando a Serena regressa a Manhattan e por isso vão reconhecer este local, obviamente. Tem imensa gente, muito movimento mesmo e é uma estação grandiosa, vale a pena a visita. 


Chrysler Building
Chrysler Building, Empire State Building & Flat Iron Building
São os três edifícios mais icónicos de Nova Iorque. Do Empire State Building dá para vermos o edifício Chrysler bem de perto, uma visita que vale a pena. Já tinha visitado o Empire State Building durante o dia, pelo que desta vez optámos por ir durante a noite para vermos todas as luzes da cidade e termos uma vista de 360º desta cidade maravilhosa. Em apenas um minuto subimos cerca de 80 andares e sentimos os ouvidos a estalar da altitude, é uma sensação incrível e única que vale a pena. Os bilhetes para subir ao 86º andar do Empire State Building custam 32$ e podem fazê-lo tanto durante o dia como à noite. 


Chrysler Building visto do Empire State Building
Quanto ao Flat Iron Building é outra paragem obrigatória, há uma praça super gira com quiosques para tomarmos um café a admirarmos este que é para mim o meu edifício favorito de todos de Manhattan. Foi um dos primeiros arranha-céus construídos em Nova Iorque no século XX e o seu nome é devido ao facto de parecer um ferro de engomar, how cool right?

Flat Iron Building
A sugestão que vos deixo é a de saírem no metro perto do Flat Iron Building e irem a pé até ao Empire State Building, subindo depois até ao 86º andar para admirarem a vista fabulosa da cidade.

Central Park

Central Park & Strawberry fields
É aqui no Central Park que muitas pessoas aproveitam para praticar exercício ao final da tarde, de manhã ou ao fim-de-semana. Um jardim enorme no meio dos arranha-céus de nova iorque, com cerca de 340 hectares, com muitas sombras e cantinhos por descobrir. Aqui dentro há ainda dois lagos, um maior onde podemos andar de barco a remos e outro mais pequeno para alugarmos barcos telecomandados. Gosto muito do Central Park, é um dos parques mais visitados e sem dúvida que um lugar perfeito para vários fins, desde namorar, passear em família ou praticar desporto. 

Strawberry Fields
É aqui também que podemos encontrar o memorial de John Lenon, o circulo feito em calçada com a palavra Imagine fica numa das extremidades do Central Park. Strawberry Fields é sem dúvida um dos pontos de interesse mais procurados para quem visita este parque gigante no meio de Manhattan. 


Podem seguir e ver mais fotografias da minha viagem a Nova Iorque no instagram >> @jufcarreira 

08
Set15

NYC diaries: Back home



Nova Iorque e Paris são aquelas duas cidades que me custa sempre deixar, é certo que é bom voltar a casa mas são duas cidades do coração onde me via perfeitamente a viver. Paris por todo o encanto, charme e glamour que lhe é característica e por ter passado grande parte da minha infância por terras francesas, Nova Iorque por ser tão cosmopolita, tão citadina, as pessoas tão simpáticas e todo aquele espírito da cultura americana. Sem dúvida que Nova Iorque é mais do que tudo isto, é um mundo. Custa partir e deixar para trás uma cidade que sempre me marcou e que me deixa sempre tão feliz, foram dias inesquecíveis e que quero reviver em breve. Viajar torna-nos tão ricos, vemos outras coisas, outras culturas, conhecemos este mundo que é tão grande e saímos da nossa caixinha. 


Não estou a dizer com isto que a cultura americana é a perfeita, até porque nenhuma o é. Penso que temos muito que aprender com a América, assimilar muitas partes boas e a América tem muito a aprender com a Europa. São dois continentes que se completam e que podem aprender tanto. Gosto de Nova Iorque por ser um misto de culturas, vemos de tudo, é incrível e sabem o que mais me fascina? O modo de viverem, muito optimistas na maior parte das vezes. 

Foi um verão cheio de coisas boas, desde a viagem a Ibiza, Menorca e Formentera, aos dias passados no Algarve e agora para terminar em beleza, Nova Iorque. Soube bem, mesmo. Vim com uma lufada de ar fresco e a amar ainda mais a "cultura americana", contudo tinha saudades da comida de casa, desta calma de viver perto do mar.

Tenho tanta coisa para vos contar, queria gravar um vídeo a falar-vos mais sobre esta cidade e sobre esta minha paixão e fascínio pela América que sempre tive e penso que nunca vos falei em detalhe - para terem noção até há bem pouco tempo o meu quarto era forrado de pop art da cabeça aos pés, de quadros com filmes americanos da época de ouro de Hollywood, coleccionava latas de Coca-Cola e latas de sopa Campbell's. A América é um mundo, Nova Iorque é outro mundo à parte. Sabe bem voltar para o outro lado do oceano e saber que aproveitei ao máximo os dias na minha cidade no coração. 
06
Set15

NYC # antes de viajar


Antes de marcarem a viagem para NYC há umas quantas coisas que devem saber e que são muito importantes para que tudo corra bem. Como sabem os Estados Unidos são bastante exigentes no que toca à segurança, principalmente desde a tragédia do 11 de Setembro e há umas quantas coisas a tratar. Para viajarmos para fora da UE é necessário a apresentação do passaporte, o cartão de cidadão é praticamente inválido fora da Europa. Certifiquem-se de que o vosso passaporte está dentro da validade, se estiver caducado devem ir a uma loja do cidadão ou a um balcão que trate da renovação dos documentos de identificação 


  DICA: para evitarem filas intermináveis numa loja do cidadão, existem balcões perto das zonas de residência que tratam da renovação dos documentos de identificaçao através de marcação de uma hora. Acaba por ser muito mais cómodo e rápido. Eu marquei para fazer o meu em Cascais no edifício do tribunal. O custo da renovação do passaporte é de 65€ 

 >> VISTO TURÍSTICO 
Muitas pessoas não sabem, mas para viajar para os Estados Unidos é necessário um visto turístico, o ESTA. Este visto pode ser obtido online, no site do ESTA - têm de preencher um formulário onde vos vão fazer muitas perguntas pessoais, desde doenças que possam ter, objectos que possam transportar e ainda entregar dados como morada de residência e local onde vão ficar hospedados. Depois de preencherem o formulário, têm de pagar (julgo que 14€) e esperar que seja aprovado. Após a aprovação, imprimem e levam convosco durante a viagem pois vai-vos ser pedido. Sem este visto não conseguem viajar para os Estados Unidos. O visto turístico é válido por 90 dias, se forem viajar durante mais tempo, devem seleccionar outra opção no site do ESTA recomendado para quem vai emigrar, procurar trabalho ou estudar. O visto pode ser aprovado na hora ou demorar até 72horas, por isso recomendo que o façam com antecedência. 

 >> TAXA CÂMBIOS & CARTÕES CRÉDITO/DÉBITO 
Antes de viajarem, informem-se se o vosso cartão de crédito ou débito é válido fora do país. Em princípio se fôr VISA ou MasterCard não tem problema, mas informem-se com o banco e aproveitem para levar já alguns dólares convosco para evitar taxas de levantamento e de conversão quando levantarem dinheiro ou pagarem com cartão. Certifiquem-se ainda junto do hotel onde vão ficar hospedados que aceitam o vosso cartão de crédito ou débito, caso contrário levem já convosco o dinheiro do hotel pois lá só conseguem levantar cerca de 200€/dia e os hotéis normalmente pedem para pagar o valor na totalidade à chegada. 

 >> HÓTEIS Os hotéis em NYC são bem caros e bem pequenos, acabam por pagar mais do que 150€/noite para ficarem num hotel com uma cama e um WC privado. Em NYC é muito comum haver casas de banhos partilhadas e hotéis com preços altíssimos. Optem por um hotel com uma localização mais central possível ou perto de uma estação de metrô para que seja mais fácil chegarem ao centro da cidade. Na maior parte dos hotéis, o valor é pago no check in e a esse valor acrescem as taxas municipais (3.50$/noite) e ainda um valor caução que vos é devolvido no final da estadia. Por isso aconselho-vos a ligarem para o hotel antes de viajarem para se certificarem do valor total para conseguirem levantar o dinheiro necessário antes, caso o vosso cartão de crédito/débito não seja aceite no terminal do hotel. 

  DICA: Quando viajo, opto sempre por marcar o hotel através do Booking, até hoje nunca tive problemas e correu sempre tudo bem. Aqui podem ver os comentários de outros hóspedes sobre os hotéis, a pontuação atribuída ao mesmo, condições do quarto e por vezes encontram promoções e ofertas de última hora. Em NYC os hotéis quase nunca têm pequeno-almoço incluído, como foi o caso. 

 >> AVIÃO 
O voo é um voo duro e ingrato, são quase 8horas de voo pelo que quando forem marcar o avião optem por uma boa companhia aérea, conseguem arranjar preços bons se planearem com antecedência e optem por alturas do ano com menos afluência, até porque facilita bastante e não correm riscos de apanharem greves etc. DICA: a TAP Portugal ou a American Airlines são duas companhias pelas quais já voei e que têm óptimas condições para aguentarmos o voo de longo curso.- como televisões próprias para cada um de nós com jogos, filmes ou séries para ficarmos entretidos durante toda a viagem.

Atenção, não estranhem se apanharem alguma turbulência a meio da viagem, é normal!

  >> DIFERENÇA HORÁRIA 
Em Nova Iorque a diferença é de 5 horas a menos do que em Lisboa, preparem-se para o jetlag. 

 >> CLIMA 
Quando marcarem a viagem certifiquem-se de que vão numa altura em que as temperaturas estão minimamente suportáveis para andar nas ruas a passear - Setembro/Outubro ou Abril/Maio por exemplo. A não ser que vão numa altura em especial que queiram apanhar neve em NYC, no entanto podem correr riscos de apanhar nevões tão grandes ou temperaturas tão baixas que não dê para andar nas ruas. 

 EM NYC 
 >> AEROPORTO-CENTRO CIDADE 
No dia da chegada à cidade aconselho a apanharem um táxi, os famosos yellowcabs. O preço até ao centro é fixo, ronda os 61$ mais taxas associadas às portagens e as gorjetas que é necessário incluir e que são os taxistas que escolhem. Quanto voltámos optámos por ir de comboio, que fica bem mais em conta (12.50$) .

Não esquecer ainda, tenham muito cuidado com os "taxistas falsos" que podem querer enganar-vos. Sigam sempre a indicação do aeroporto do local certo onde devem apanhar os táxis, assim sabem que é seguro. 

 >> TRANSPORTES 
NYC é gigante. As ruas são enormescas e apesar de adorar andar a pé há sempre outras opções, uma delas o metro. Podem comprar passes com viagens ilimitadas de 7 dias mínimo que ronda os 39$ e acabam por viajar sem problemas, às vezes que quiserem. Podem ainda por BUS, por Uber ou por Táxi mas o trânsito em NYC é sempre tão caótico que o melhor mesmo é andar a pé ou de metro.

  >> ROAMING 
Antes de viajarem não se esqueçam de tratar do roaming, os tarifários são caríssimos mas acabam sempre por arranjar uma alternativa mais em conta que vos permita falar com familiares e amigos. Como somos Vodafone, activamos o Global Daily Roaming que nos dá direito a 50minutos, 50 SMS. E 50mb por dia por um preço de 9.99€. Não sei como funciona com outras operadoras mas certamente que terão algo semelhante.

 >> INTERNET 
Em NYC há muitas coffee shops com free Wi-Fi, nem que seja no Starbucks! No entanto certifiquem-se de que o vosso hotel ou o local onde vão ficar hospedados têm esta opção incluída. Soube ainda que podem comprar um cartão por 30$ que vos dá net ilimitada, pode ser uma boa opção. 

 >> COMER 
 Bem já sabemos que em NYC há um pouco de tudo, desde fast food, a restaurantes italianos ou mais requintados. Nestas coisas acabamos sempre por optar por comida de rua ou restaurantes italianos que é o que mais gostamos, e para os snacks ao longo do dia vamos passando nas lojas de conveniência para comprar umas peças de fruta ou bolachas. Sei que se come lindamente em Little Italy, conhecida pela comida caseira italiana deliciosa. Meninas, em NYC as calorias são gastas a andar nas ruas, por isso toca a aproveitar os cupcakes deliciosos - Magnolia Bakery, obrigatório! Tenham ainda em atenção ao tamanho dos menus que pedirem, por exemplo um menu grande aqui nos Estados Unidos é o equivalente ao que podemos chamar de XXXXXXXXL ou monstruoso! Por isso certifiquem-se sempre antes de pedirem um hambúrguer de 5kg!

  >> COMPRAS 
Nova Iorque é bem perigoso para a carteira, mesmo! Aqui encontram um pouco de tudo, desde outlets de grandes marcas com preços incríveis, a lojas lindas de morrer e diferentes, mercados etc. Para quem é louca por moda como eu, a 5th Av e a Madison Av são a loucura. Um local giro ainda para encontrar coisas diferentes é SoHo, com lojas giras giras giras! A zona de Times Square é a loucura até porque as lojas fecham tarde, e para quem é doida por sneakers como eu, esta não é de todo a cidade mais amiga - o que vale é que aqui há marcas bem mais baratas, conseguimos encontrar Converse a 30€ por exemplo devido à taxa de câmbio. Não vos posso dizer sítios para irem às compras. É como Paris, é andarem pelas ruas e irem à descoberta. O que eu fiz foi fazer uma triagem de lojas e zonas que queria mesmo ver e visitar que não há em Portugal ou onde sei que são diferentes e valem a pena visitar e o resto é explorar ao máximo, até porque a piada de viajar é essa mesmo - sair cedo do hotel e chegar tarde com os pés a latejar mas a saber que aproveitamos cada segundo! Na minha lista de lojas estão algumas como Abercrombie & Fitch, Hollister, Topshop, Forever XXI, Apple Store, Kate Spade, ULTA, Macy's, Bloomingdale's, Adidas Originals, Converse Store, Victoria's Secret, Hershey's, M&M's World e Toys R Us. 

 >> OBRIGATÓRIO
Broadway! Metam 100 a 150$ de parte se puderem porque irem ver um espectáculo na Broadway é uma experiência de uma vida, mesmo! Da primeira vez que vim a NYC vi o Rei Leão e sem duvida que foi inesquecível. Desta vez vamos ver se conseguimos um bom last minute price para um outro espectáculo porque vale mesmo a pena. São espectáculos caríssimos, mas depois de virem conseguem perceber porquê: cenários incríveis, figurinos, luzes, alguns dos melhores actores que vemos na TV... Enfim há um pouco de tudo. Encontram facilmente nas ruas balcões que vendem os últimos bilhetes para os espectáculos no próprio dia, sendo que aqui a questão vai ser: qual deles ver? Daquilo que sei, Rei Leão, Aladin, Wicked, The King & I, Phantom of the Opera são os de ficar de queixo caído. 

 >> ÚLTIMAS DICAS aleatórias, mas muito importantes 
 - Para as fãs de café, o café americano é aquele estilo Starbucks que vemos nos filmes. Se querem um café dito "normal" para nós, peçam um expresso; 
- Máquina fotográfica com bateria e muitos cartões de memória, vai ser uma das viagens das vossas vidas;- Boa preparação física, não vão querer perder uma única rua, um único cantinho da cidade maravilhosa; 
 - Esqueçam a dieta e aproveitem para provar todas as coisas boas, quando voltarem para a cultura mediterrânea portuguesa fazem um plano detox; 
 - Agora fora de brincadeiras, no aeroporto de NYC não é permitido usar o telemovel seja para o que fôr, por isso avisem familiares, amigos e tudo antes de entrarem no aeroporto ou depois de saírem dele. Não querem correr o risco de ficarem retidos; -> MUITO IMPORTANTE! 
 - Broadway, Empire State Building, Brooklyn Bridge, Times Square, Rockfeller Center, 5th Avenue, Statue of Liberty, 9/11 Memorial e Central Park são os pontos obrigatórios de passagem se ficarem pouco tempo. 
 - Durmam no avião, vão precisar de muita energia! Afinal, é a cidade que nunca dorme! 

 E pronto, penso que é tudo o que precisam de saber sobre NYC. Podem ir acompanhando tudo através do meu instagram >> @jufcarreira
05
Set15

NYC diaries: melting pot


É sem dúvida a melhor maneira para andarmos pela cidade, uma rede bem complexa mas que nos leva para todo o lado. 

Fascina-me este estilo de vida mais citadino, americanos com o seu Starbucks na mão, sneakers nos pés e os auriculares nos ouvidos e o New York Times debaixo do braço. A cultura é sem dúvida uma cultura muito mais urbana e sem dúvida que me faz querer ficar por aqui e assimilar o máximo que conseguir. No metro conseguimos analisar os estilos de vida de cada um, tantas pessoas diferentes a partilhar a mesma cidade. Estou encantada com Manhattan, cada vez mais. 

Hoje vamos rumo a Downtown, explorar todas essas áreas maravilhosas, visitar a ponte mais conhecida de NYC, visitar as pequenas comunidades como Little Italy e Chinatown e claro dar uma volta por SoHo. Dormi 5 horas apenas, mas nada que um Starbucks não resolva, certo? 

Podem ir acompanhando no instagram >> @jufcarreira 


05
Set15

NYC diaries : nostalgic


Acabamos de chegar ao hotel, a noite acabou da melhor maneira, fomos ver o musical Wicked que é fenomenal. Muitas de vocês não sabem, penso que nunca escrevi sobre isso por aqui, mas há cerca de 10 anos entrei para um grupo de teatro onde permaneci cerca de 4 anos. A minha paixão pelo palco continua, continua aqui o bichinho por esta arte que me fascina desde pequena pelo que vir a Nova Iorque e não ir ver um musical não ia fazer com que esta viagem ficasse completa. 

Emociono-me com as músicas, com a orquestra ao vivo, os figurinos, os cenários e sobretudo pela paixão das pessoas que pisam o palco todas as noites. A Broadway tem esta magia que me deixa colada à cadeira, que me faz ter saudades de pisar um palco, de sentir aquele bichinho na barriga todas as noites e da magia dos bastidores. Curiosamente o meu grupo de teatro está por aqui também, o tempo não é muito mas está coincidência deixou-me muito nostálgica.

O dia de hoje foi em cheio, passamos por zonas que queríamos mesmo visitar, como a rua onde a série FRIENDS foi filmada, experimentamos os cupcakes da Magnolia Bakery, passeamos pela 5th Avenue, Rockefeller Center, MoMa, Broadway e Madison Avenue. Tenho de vos fazer o roteiro completo, assim que voltar.  Não vou esquecer esta viagem, não vou mesmo! Há muitas coisas que a marcam, desde ser o sonho de voltar aqui, ao facto de ter sido a primeira viagem com uma das melhores companhias que posso pedir, o meu irmão e de ter sido uma viagem muito aguardada por mim. Há coisas que a marcaram também, mais materiais mas com muito significado para mim como a viagem em que perdi a cabeça numa loja vintage ou a viagem onde comprei a minha primeira blue box na Tiffany's. Há tanto por contar, para já ficam algumas notas. 

Podem ainda acompanhar tudo no instagram, claro! >> @jufcarreira 

PUB