Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

SIX, blog

Granola, benefícios

25.10.14 | Joana Carreira

Sempre gostei de experimentar coisas novas, lembro-me de na altura que experimentei granola pela primeira vez que não gostei muito do sabor, achava que era algo que misturava várias coisas e acabava por não ficar uma boa combinação, até ter experimentado granola com iogurte e fruta. Desde aí que tenho incluído a granola na minha alimentação e no meu dia-a-dia, especialmente a granola sem glúten da Martilicious (aqui) que é deliciosa. A granola é no fundo um mix de cereais, castanhas e frutas secas é rico em fibras e outros componentes importantes para o equilíbrio do organismo e para a regulação do intestino.

Não há uma receita exacta que venha definir a sua composição, podemos encontrar granola em varias versões e com diferentes sabores. É saudável e muito saborosa, principalmente quando consumida com leite, iogurte ou até mesmo com frutas. A grande vantagem de escolher a granola e de a incluir na minha alimentação é a sua forte composição de fibras e outros componentes importantes para o equilíbrio do organismo e para a regulação da função intestinal. Para além disto, ajuda na redução do colesterol e ajuda a prevenir o cancro no intestino.Também já li vários artigos e estudos que afirmam que a granola também é uma aliada na luta contra o envelhecimento, já que os minerais presentes, são antioxidantes e ajudam a manter as células sempre jovens. Contudo, apenas o consumo regular da granola não é suficiente para ter bons resultados, a granola deve estar inserida numa dieta completa e equilibrada, sendo que deve ser uma das opções de alimentos saudáveis naquele que será um menu variado. 

É ainda importante referir que é importante aumentar o consumo de água quando incluímos a granola na nossa dieta, porque o processo de digestão das fibras contidas neste mix de cereais requer uma boa quantidade de líquido no organismo e se o corpo não estiver bem hidratado pode levar à prisão de ventre. Idealmente consumo granola de manhã, ao pequeno almoço ou à tarde como lanche, quando o corpo ainda está em actividade e ainda recebemos alguma água.